sábado, 10 de março de 2018

CGU Pode Incendiar a Política de Antonio Cardoso

A Controladoria Geral da União - CGU, visita o município de Antonio Cardoso pela segunda vez. Depois da CGU o contexto político municipal ferveu.

A corrupção em Antonio Cardoso é obra da maioria dos eleitores; votar aqui é trocar o voto por qualquer vantagem, seja dinheiro, exames, emprego, ... Se a política partidária no Brasil tá um caos, em Antonio Cardoso, com as investigações da CGU, pode mergulhar em um lamaçal obscuro e dominado pela descrença. 

No ano de 2014, a CGU veio fiscalizar o exercício administrativo municipal de 2013. Segundo informação, desta vez, a vinda da CGU mira o ano de 2016 e 2017.  

Caso as investigações encontre irregularidades nas contas dos anos citados, todos os principais grupos políticos do município serão afetados, o desgaste será inevitável. Isto é, o ano de 2016 trata do grupo político do ex-prefeito Baixa Fria (PDT). Já o ano de 2017 refere ao grupo político do atual prefeito Toinho Santiago (PT) e seus aliados. Desta vez, o grupo político da ex-prefeita Gel (PP) também está no foco das investigações. 

Ainda a CGU deve recomendar que o Tribunal de Contas dos Municípios - TCM, reprove as contas de 2017. Ocorrendo, as contas vem para os vereadores seguirem a decisão do TCM ou derrubarem. Por conseguinte, o prefeito passa a ficar refém das chantagens e dos interesses de alguns vereadores. 

Ressalta-se que as contas de 2015 e 2016 do ex-prefeito Baixa Fria, reprovadas pelo TCM, esperam votação na Câmara. Se a Câmara salvar um e condenar o outro conflita com a lei, por usar dois pesos e duas medidas. Abrindo possibilidade da justiça ser acionada.  Com o atual contexto, o futuro político do prefeito pode seguir o mesmo destino do ex- prefeito: ficar proibido de ser candidato.      

Resta ao governo municipal rever algumas orientações caducas (ficar atento com alguns "carrapatos" de prefeitura e ouvir as demandas dos moradores), acelerar os projetos que reduzam as desigualdades sociais, reduzir os gastos e repensar a estratégia de administrar o território (não seguir o erro das outras gestões, centralizar a maioria das ações do governo em torno dos três colégios eleitorais - em volta da sede - e ignorar os outros dez) para tentar impulsionar o mercado interno e o comércio local. Precisa atentar para fazer as compras públicas no comércio local e buscar saída para a perda de arrecadação de impostos, desde dos funcionários e governantes municipais, etc. No mais, se insistir no caminho que está, o governo caducou antes de começar.    

Muitos que torcem pela derrota de qualquer governo não derrotam só o governo. Quem pensa assim derrota os moradores e o município para conseguirem seus interesses pessoais.         

Diante a situação, uma coisa é certa: parece que desta vez nenhum grupo político de Antonio Cardoso ficará livre da justiça. As investigações da CGU também podem provocar o desmonte dos grupos e dificultar a governabilidade local. O cenário político do município pode ficar indefinido, forçando a renovação no quadro político municipal.

No momento, resta para o município de Antonio Cardoso uma frase atribuída ao imperador romano, Julio César, em latim é "ALEA JACTA EST", traduzida para o português significa 

"A SORTE ESTÁ LANÇADA."  


Share on :

1 comentários:

Boca disse...

Ocorre que a ex prefeita Gel teve todas as contas aprovadas pelo TCM e Câmara Municipal. Já o ex prefeito Baixa Fria teve tres contad regeitadas pelo TCM esperando votação na Câmara.

 
© Copyright O JACUÍPE 2016 - Some rights reserved | Powered by Admin.
Template Design by S.S. | Published by Borneo and Theme4all